Sem grana em New York, EUA

New York foi sem sombra de dúvidas um dos lugares mais incríveis em que eu já estive (não que eu tenha estado em muitos hehe), aquela coisa de ver ao vivo tudo o que você assiste em filme e seriado é uma sensação fantástica.

Essa viagem foi totalmente econômica, fiquei em um quarto compartilhado com outras dez pessoas e o banheiro dividido com o andar inteiro, no Hostel HI New York City. O hostel é gigante. A localização é boa pra quem quer economizar, para quem quer ostentar pertinho das lojas de grife, não haha.

hostel

Detalhes do hostel: limpo, organizado, jovem e descolado.

A melhor experiência que esse hostel me proporcionou com certeza foi o “Walking Tour” que custou a bagatela de apenas 10 dólares. Me surpreendi quando o guia que veio nos buscar – o Jerry – era um senhor que aparentava ter seus lá oitenta anos de idade e nos prometeu que iríamos andar a cidade de ponta a ponta em um dia. Eu não imaginei que as pessoas jovens do grupo iriam desistir no meio do caminho e o senhorzinho iria ficar firme e forte ATÉ O FIM. Sério, saímos do hostel umas 9h e chegamos lá por meia noite. E fizemos tudinho a pé. E ah, também fizemos um “Pub Crawl” em uma outra noite, um guia nos buscou a pé e andamos vários quarteirões parando em vários bares no caminho. Foi bem divertido. Procure por essas opções na sua viagem, valem muito a pena, são mais comuns em hostels, mas em algumas cidades tem opções que saem de pontos turísticos de fáceis acesso com horários marcados diariamente.

walk-tour

Nosso guia, que simplesmente parava as pessoas na rua para fotografá-las. Uma figura ❤

Graças a ele, conheci lugares incríveis da cidade. O bairro do Brooklyn foi um deles. Que lugar gostoso de andar a pé, restaurantes bacanas em cada esquina, várias tendas vendendo comidinhas saudáveis, orgânicas, vegans, sucos…

brooklyn-2

Esse é o tipo de coisa que você encontra andando pelo Brooklyn

Não deixe de explorar esse ponto da cidade. Segue aqui uma listinha de coisas para ver nesse bairro. Compramos uma marmita de saladinha e sentamos numa área conhecida como Brooklyn Heights Promenade uma espécie de calçadão delicioso bem vazio de turistas e com vários habitantes locais passeando, perto da Ponte do Brooklyn, que mais tarde atravessamos (e que também é um passeio gratuito).

brooklyn

Cantinho especial do Brooklyn com vista para Manhattan. Delícia 🙂

brooklyn-3

Tão bonitas as casinhas!

O coração capitalista bate na Wall Street. Lá é onde você vê as pessoas engravatadas sempre correndo, falando no celular e desviando dos milhares de turistas que querem tirar uma foto com o clássico touro de metal. E a fila para fotografar no tal touro é gigante, acho que um dos motivos pra isso é porque reza a lenda que passar a mão no chifre do touro traria sorte e dinheiros. Quem sabe né?

wall-street

Uma menina tirando uma foto esquisitíssima embaixo do touro de Wall Street.

Não distante dali, pegue a balsa para conhecer a ilha onde está localizada a estátua da liberdade.

O passeio inclui uma parada em Ellis Island, onde fica o museu da imigração (lá era porta de chegada de milhares de imigrantes que chegavam aos Estados Unidos). Fotos, filmes, testemunhos e fatos sobre a época, é bem interessante e emocionante. Depois a balsa segue para a ilha onde fica a estátua.

estatua-da-liberdade

Aposto que você não sabia que a estátua tem esse pé levantadinho atrás!

Se você não tiver interesse em descer nos locais, existe a opção de pegar o Ferry de graça e apenas passar em frente da estátua, que garanto, já é uma ótima pedida.

empire-state-2

Empire State, alto, altíssimo.

Um outro ícone a se visitar é o fabuloso Empire State Building, você pode escolher entre duas subidas diferentes (e dois preços diferentes também) e uma delas te dá acesso ao terraço que possibilita uma vista incrível da cidade (o bilhete mais caro, claro). É realmente muito alto. A fila de turista é grande, mas anda rápido e é tudo muito bem organizado.

vista-empire-state

Essa é a vista que você tem do Empire State Building.

empire-state

E esse é o mar de turistas que você enfrenta para conseguir tirar uma fotinho.

Existem mais bairros em New York que valem a pena a pernada, são eles: Little Italy e o Soho. No primeiro são vááários restaurantes de especialidade, obviamente, italiana, mesinhas na calçada, muito movimento e aquele cheiro de comida boa no ar. Já o Soho é um centro de pura cultura e movimento artístico. Se você é designer, escultor, pintor, estilista ou simplesmente ama arte no geral, aqui está o prato cheio que você PRECISA ver. São várias lojas de decoração, galerias de arte, fotografia e arte contemporânea no geral. Eu adorei. E lógico: andar a pé é grátis!

soho

No Soho, uma foto dentro de uma vitrine: o motivo, não sei.

Não tem como andar pelas ruas nova iorquinas sem estar a todo momento olhando pra cima. São vários os prédios, os arranha-céus, a arquitetura, a história que encanta. O primeiro arranha-céu da cidade, chamado de Flatiron Building é curioso pelo seu “formato” diferenciado. Está localizado nas esquinas da 5º Avenida com a Broadway.

predio-esquina

Flatiron Building, tirando foto de perto, difícil fazer ele caber no enquadramento.

Não posso deixar de fora a experiência indiana que tivemos para jantar. No Calcutta Indian Food experimentei uma cerveja indiana e comemos ao som de um rapaz tocando um instrumento que eu acho que era uma cítara hehehe, não tenho certeza. Porém, aparentemente não vou poder indicá-lo pois parece que o local fechou :((((

restaurante-indiano

Cerveja Taj Mahal, ao som de música indiana. Muito legal!

Não deixe de ir por nada nessa sua vida na Times Square, e por favor, faça isso a noite. É tanta luz, gente, música, agitação, cowboys pelados, cores e alegria num lugar só. Uma das experiências mais incríveis que eu tive na cidade, sério, não perca por nada. E como sempre: mais uma aventura gratuita.

times-square

Times Square: É muita coisa acontecendo ao mesmo tempo.

Sobre os museus de New York: vá. Nem preciso dizer que as opções são quase infinitas e em pouco tempo você não consegue visitar todos, os mais conhecidos são o MET (metropolitan museum of art), o American Museum of Natural History (AMNH), o Museum of Modern Art (MOMA), o Guggenheim,Ground Zero Memorial and Museum (homenagem ao 11 de setembro) entre vários, milhares, muitos outros. Existem vários dias em que museus tem entrada gratuita, pesquise antes de ir. Para quem não gosta de ver “velharia” o MoMA é fantástico, super moderno e cheio de design.

mmoa

Eu, combinando com a obra de arte. De chinela no museu (levei bronca depois por tirar essa foto, não sabia que não podia).

Ir até NY e não passear no Central Park, é praticamente como não ter ido pra NY. Passeie de charrete, passeie a pé, passeie de bicicleta, faça um cooper, visite o memorial do John Lennon (não é grandes coisas, mas fã é fã né, e tirando a fila de pessoas pra vê-lo, outra opção gratuita), leve comidinhas, faça um pique nique, sente por um tempo e fique a toa curtindo a paisagem, sinta-se um nova iorquino completo. A única dica que me deram foi: não permaneça no parque depois de anoitecer, é perigoso (lá é muito grande, grande demais mesmo).

dsc03618

New York pode ser cinza, colorida, moderna, capitalista, humanitária, vegetariana, italiana.. é tudo.

Por fim, termine sua viagem curtindo um dos Shows da Broadway. Infelizmente eu não consegui ver um espetáculo pois me faltou dinheiro e tempo hahaha. Eles não são baratos, mas fecham com chave de ouro a turistada por lá.

mala-dentro-da-mala

Coisa de brasileiro: trazer uma mala dentro da mala pra voltar com duas malas lotadas. Acontece.

Deu certo? Deu certo demais! New York é incrível, respira arte, cultura, história, inglês, espanhol, português, sujeira, caos, prédio, parque, esporte.. TUDO. Eita lugar democrático! O metrô é sujo e um rato passou no meu pé (eles tem sérios problemas com ratos por lá) e nem isso tirou o glamour da viagem. Vá até NY pelo menos uma vez na vida, vale o esforço.

Anúncios

2 comentários sobre “Sem grana em New York, EUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s