Vacina da febre amarela para viajar, como fazer?

Tudo pronto pra viajar e na hora de checar os últimos detalhes, você descobre que o seu destino exige que você tome a vacina da febre amarela. Muitos, muitos países mesmo exigem a obrigatoriedade da vacina, em alguns não vão nem deixar você entrar no país, não adianta chamar o papa, o presidente, não tem choro nem vela.

Veja aqui a lista dos países que pedem o certificado de vacinação internacional. Não basta apenas tomar a vacina e contar isso numa boa na hora de entrar no país, tem que apresentar a carteirinha internacional validada pela ANVISA.

No Brasil, devido aos últimos surtos que andaram tendo da doença, a procura pela vacina está tão grande que em algumas cidades, até acabou o estoque, e por isso, é bom tomar com bastante antecedência e não correr o risco de ficar sem.

Se quiser, você pode procurar um laboratório particular de vacinação e tomar por conta, aqui na minha cidade, Campo Grande/MS, os preços estavam variando entre R$180 a R$290 – dependendo do plano de saúde, tinha um desconto.

Eu fui no posto de saúde mesmo, porém a procura estava tão grande que os postos resolveram se organizar de modo que um calendário foi emitido pela secretaria de saúde avisando em quais dias da semana, cada posto estaria oferecendo a vacinação. Por exemplo, no posto mais próximo da minha casa, só estava tendo vacinação da febre amarela às segundas-feiras. Tem que ficar de olho para não perder a viagem 😉

20170324_133357

Calendário dos dias de vacinação nos bairros

Para efetuar o procedimento, você tem que ter o seu cadastro no SUS. Se não tiver, não tem problema eles fazem lá rapidinho na hora e vão emitir um número, que será a sua “carteirinha” ou “protocolo” do SUS, guarde-o, é com ele que você pode por exemplo também usar a farmácia do posto e tirar remédios gratuitamente quando precisar.

Após tomada a vacina, você fica com um recibo, e com ele em mãos, você deve ir para a ANVISA da sua cidade.

20170331_072717

Papel que entregam no posto de saúde, não perca ele!

Com meu recibinho, fui na ANVISA aqui de Campo Grande que fica no aeroporto internacional. Horário de funcionamento acredito que deve ser padrão para o Brasil inteiro, das 8h às 18h de segunda a sexta-feira. Lembrando que tanto a vacina quando a emissão da carteirinha internacional são ambas gratuitas!

Na ANVISA é jogo rápido, a atendente apenas pegou esse meu recibo junto da minha carteira de identidade, preencheu algumas coisas no sistema e logo imprimiu a minha carteirinha.

#Mas atenção, leia, releia e confira muita bem para ver se os dados estão corretos, caso alguma coisa esteja com erro de digitação pode dar o maior rolo lá no aeroporto do seu destino, e ninguém quer perder a viagem né pelamor!

Dentro da carteirinha vem escrito o dia em que você tomou a vacina e até quando ela vale, no caso vai estar a informação “life” que significa que você está imunizado para todo o sempre 🙂

carteirinha-aberta-sinalizada

Eu já tomei duas vezes, to imunizada por duas vidas!

Basta agora grampear a sua carteirinha na última página do seu passaporte (não é na contracapa, é na última página) e voilà. De qualquer forma, guarde o recibo que te deram no posto de saúde também, custa nada né? #SouPrevenida

E boa viagem! 🙂 🙂 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s