A divertida e maluca “Disneylândia dos Robôs” em Serra Negra/SP

disneilandia_dos_robos_14No interior de São Paulo, próximo ali de onde é conhecido como “circuito das águas”, na cidade de Serra Negra, existe um lugar que aposto, pouca gente sabe que existe, mas que todo mundo deveria ir pelo menos uma vez na vida.
Uma vez, pois  mais que isso não é necessário. Conhecida como “Disneylândia dos Robôs” (cujo próprio nome, hora escreve-se com y, hora com i), é um lugar cima de qualquer expectativa.

Chegando em Serra Negra, já aparecem várias placas indicando “venha conhecer a Disneilândia dos Robôs”, é tanta placa que a curiosidade acaba botando aquela pressão. Pois então fomos.

O local, uma casa que se destaca das outras, fica em um bairro bem residencial, logo em frente à disneilândia estão permanentemente estacionados dois carros que chamam a atenção: uma brasília verde estilo limusine e uma réplica do Herbie, o fusca falante.

disneilandia_dos_robos_01

A brasília verde limusine.

disneilandia_dos_robos_13

Herbie, o fusca falante.

Bom, entre os dois carros está o portal de entrada. Paga-se R$13 (adultos) para conhecer a disneilândia dos robôs. Até esse ponto eu ainda não estava entendendo muito bem qual era a intenção desse lugar para com a sociedade, mas vamo que vamo né?

disneilandia_dos_robos_04

No site tá escrito com Y, mas aqui dentro tá com I mesmo hahaha

E ainda me deparei com essa placa:

disneilandia_dos_robos_12-entrada

1995!!!!!!!!!!! Mas o orgulho prevalece!

Ao entrar na casa, seus olhos não sabem ao certo para onde olham. Para o robô que pedala uma bicicleta sozinho com uma placa pendurada no pescoço com os dizeres “estou em forma porque ando de bicicleta?”, para as engenhocas que parecem armadilhas, e ao apertar o botão, uma bola é disparada e precisa percorrer todo um caminho para chegar.. do outro lado, para um caleidoscópio diferentão onde é você quem tem que girar sua cabeça para ver as formas misturarem? São muitas opções.

disneilandia_dos_robos_05

o caleidoscópio onde é você quem tem que girar a cabeça

Cara, que loucura. Muita informação acontecendo. E o mais engraçado é que do nada, o lugar se torna uma espécie de museu, com réplicas, quadros, imagens e estatuetas do Egito antigo…

disneilandia_dos_robos_06-egito

Lá dentro também tinha uma pilha de revistas, recortes, jornais, quadros, matérias e publicações que contém trechos da história do Brasil. E ainda várias placas com piadas do mais estilo tiozão possível.

Depois de ficar um tempão no primeiro andar, existem portas que parecem mais passagem secretas que te levam para escalar uma torre e ter uma vista da cidade. Só que assim, você tem que subir por uma escadaria daquelas inclinadas 90º, tipo de barrinha de ferro sabe? Não tem muito aonde se apoiar e na verdade eu achei até meio perigoso!

disneilandia_dos_robos_03

Caminho pra subir para a torre

Eu não quis subir tudo, porque depois pra descer ia dar um trabalhão, mas algumas pessoas que estavam comigo foram persistentes e corajosas e foram até o fim. Quando retornaram de volta lá embaixo estavam até cansadas hahaha.

Depois de conhecer a disneilândia dos robôs, descemos a rua e chegamos onde tem o teleférico de Serra Negra, que leva até o Cristo Redentor da cidade. Ali da onde sai o teleférico tem alguns lugares pra lanchar e descobrimos um prato super inusitado: pastel de costela e pastel de purê de batata!

pastel-de-costela_

Olha o tamanhão desse pastel, cara.

Cara, o pastel de costela de Serra Negra é bom demais! Sério, estava uma delícia e olha o tamanho da criança. Alimenta a família toda haha. Descobri também que Serra Negra é a cidade com o melhor senso de humor do interior de São Paulo. Além de me proporcionar um lugar tão inesperado quanto a disneilândia dos robôs, caminhando por essa praça do teleférico ainda nos deparávamos com placas como esta:

senha-da-wifi_

E deu certo? Só tenho uma coisa para concluir: se você estiver passando por esta região de São Paulo, dê uma parada e vá conhecer a Disneilândia dos Robôs e depois, matar a fome com um pastelzão de costela enquanto se diverte lendo as placas cheias de piadas distribuídas pela praça. Mas, ao final do passeio, não me xinga tá? hahaha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s