Bate-volta em Punta del Este #Uruguay

los dedos 2

eu, muito criativa mostrando os dedos na escultura Los Dedos

Enquanto estávamos em Montevidéu para um evento de tecnologia, tivemos um domingo livre para poder dar um rolê mais turístico. Contratamos um passeio bate-volta para conhecer Punta del Este, que fica a aproximadamente umas duas horas indo de ônibus, que custou R$170 por pessoa e durava praticamente o dia inteiro. Nos buscaram as 8 horas e nos deixaram no hotel lá pelas 19h. O nome da agência de turismo é LB Tour e tinha a guia turística mais simpática e divertida que eu já vi na vida.

Punta é um lugar bem gostoso pra passear despretensiosamente e com certeza deve ser muito mais agradável no calorão, mas uma coisa que me chamou bastante atenção lá foi a quantidade de gente bonita e casas maravilhosas que eu vi pelas ruas. Deve ser bem da hora alugar um airbnb numa casona daquelas (se tiver) para passar um fim de semana de verão.

Antes de chegarmos em Punta, o ônibus passou em uma cidade-balneário pelo caminho chamada Piriápolis, um lugar com um super climão praiano e mesmo no friozinho que tava fazendo, muita gente passeando pela orla. Piriápolis tem uma vibe mais “hippie”, tinha bastante gente nova, vi alguns campings e pessoal dormindo até no carro.

No Cerro San Antonio, que é uma espécie de mirante localizado no topo de uma subida você enxerga a cidade de Piriápolis inteira. Lá em cima também tem um restaurante com uma vista bacana e umas lojinhas com cacarecos e lembranças pra comprar. Achamos uma boa promoção de 3 pacotes (com 16 unidades cada) de alfajor por 600 pesos. Dá pra chegar ao topo também de teleférico.

Depois desta breve visita, seguimos para Punta Ballena, onde está localizada a tão famosa Casapueblo, a apenas 15km de Punta. Tive uma bela impressão dessa península, achei a vista incrível, me lembrava algo nostálgico, sei lá rs.

casa pueblo 3 punta ballena

Punta Ballena, linda vista

A Casapueblo é uma famosa construção idealizada pelo arquiteto e artista Carlos Paes Vilaró. Lá dentro estão concentradas várias de suas obras, um restaurantezinho e logo ao lado, ainda dentro da mesma estrutura, um hotel à beira-mar.

Reza a lenda que o artista construiu tudo sozinho, não sei se é por isso ou não que a casa é um verdadeiro labirinto rs. Mas é bem divertida e vale a pena a visita.

Lá dentro tem até mesmo um cinema construído nesse esquema de cimento branco aí, onde você pode assistir um breve filme sobre a vida do artista. A dica de quem vai por conta própria e conseguir chegar no horário do pôr do sol e pegar uma vista lindíssima do céu. Li em algum lugar lá que essa construção inspirou Vinícius de Moraes a escrever aquela música “era uma casa muito engraçada…”

Seguimos então para Punta. Entramos na cidade e o guia nos levou para dar umas voltas num bairro chamado Beverly Hills. Cada casão um mais lindo que o outro, a guia chegou até mesmo a falar que estávamos passando em frente à uma casa avaliada em 15 milhões de dólares. Todas as construções à beira da rua, sem portões, cerca elétrica e talz, parece bem seguro por ali. Várias casa pareciam chácaras fofíssimas.

Uma coisa bem doida e inesperada que tem em Punta é a ponte ondulada Leonel Vieira, que dá até um friozinho na barriga quando passa em alta velocidade haha.

punta del este 3

Ponte Leonel Vieira

Paramos para almoçar num restaurante lá no centrinho chamado Napoleon, na Rambla Artigas onde eu pedi o famoso Assado de Tiras, que é uma carne mais nobre da costela. Estava bem gostosa e tal, mas não é a carne mais suculenta que tem, tem bastante osso e gordura. Mas o molhinho de alho que veio junto pra acompanhar estava maravilhoso.

asado de tira

Assado de Tiras

Demos algumas voltas a pé pela região e paramos no centrinho para comer a sobremesa. No centro tem várias lojas de roupas e souvernis, até mesmo lojas de grife e tal. É bem bonitinho e agradável passear ali, mas as coisas em Punta são ligeiramente caras rs.

Entramos em uma cafeteria e eu pedi uma parada chamada “conecito”, um conezinho tipo feito de casquinha de sorvete (só que era uma massa folheada muito leve) recheado com um doce de leite escuro que tava muuuito bom. Não lembro o nome da cafeteria, mas se você ver esse conecito por lá, pode confiar que é sucesso.

conecito

Conecito de doce de leite

Depois de tanta comilança, seguimos andando até chegar na famosa escultura Los Dedos, que fica na praia Brava, sem dúvida o ponto mais conhecido de Punta del Este.

Sempre que chegamos a um ponto turístico é bem normal achá-lo meio diferente do que estamos acostumados a ver por foto, e diversas vezes eu sempre acho o negócio “menor” do que aparenta. Com Los Dedos foi ao contrário, é bem maior do que eu imaginava haha.

los dedos 1

Los Dedos, e aí tudo jóia?

A obra foi realizada pelo artista Mario Irrazábal e de acordo com ele, representa a presença humana na natureza: “o homem surgindo à vida”.

A extensão da praia ali é bem grande e embora não tenha os típicos quiosques e lugares pra sentar que tem no Brasil, é gostoso perder um tempo passeando por ali. Um passeio que com certeza eu gostaria de ter feito é a Isla de Lobos onde tem vários leões marinhos 😀

O que fazer em Punta del Este?

Clique aqui para ler o resumão sobre Montevidéu.

E deu certo? Deu sim, Punta parece ser uma cidade bem gostosa pra ir no verão. Fica aí uma opção para quem sabe quando eu voltar 😀

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s